quinta-feira, 4 de maio de 2017

Uma Palavra aos Filhos

 

7820539Meu último artigo aqui no blog foi dedicado aos Pais (confira: http://aconselhandocombiblia.blogspot.com.br/2017/04/uma-palavra-aos-pais.html) alertando sobre a postura de Jó ao interceder pelos seus filhos, pois ele entendia que seria possível que seus filhos pecassem em seus corações. (Jó 1.5).

Neste breve artigo, pretendo dedicar atenção aos filhos de pais cristãos, comprometidos com o santo evangelho.

Considerações:

Educadores têm falado e discutido sobre a “rede de proteção” sobre os filhos. O que é a tal rede de proteção? A rede de proteção é a união de diferentes atores no processo de cuidar. Isso envolve o Estado e seus programas sociais, pais e familiares, a própria escola/professores, amigos da família, colegas e amigos mais próximos. Tudo isso deve funcionar para prevenir algumas tragédias, que via de regra são diagnosticadas como tragédias sociais.

Quando pensamos nos filhos de pais cristãos, deveríamos levar em consideração que, esses filhos também estão expostos a todo o tipo de informação e maldade como qualquer outra criança. Mesmo levando em consideração a proteção dos pais, familiares e a própria igreja, ainda assim, nossos filhos estão expostos a um mundo distante de Deus e que odeia Deus.

Nenhum filho deveria ir para uma faculdade sem ser ensinado/treinado para rejeitar o marxismo cultural que impera em nosso país desde o final da década de 60. Temos espantosos 60 anos de uma cultura produzida pela perspectiva marxista, abolindo completamente Deus do cenário intelectual brasileiro e isso em todas as áreas culturais.

Considerando isso, não deveríamos estranhar que a maioria dos jovens da igreja que ingressam em uma universidade tem uma perda significativa do seu vigor espiritual. Nossos jovens são bombardeados intensamente, durante quatro ou cinco anos, a pensar, sentir e agir como se Deus não existisse.

Agora poderemos olhar especificamente para aquilo que propus. Uma Palavra aos filhos:

A primeira pala aos filhos é: Os filhos precisam obedecer aos pais.

"Vós, filhos, sede obedientes a vossos pais no Senhor, porque isto é justo. Honra a teu pai e a tua mãe, que é o primeiro mandamento com promessa; Para que te vá bem, e vivas muito tempo sobre a terra. E vós, pais, não provoqueis à ira a vossos filhos, mas criai-os na doutrina e admoestação do Senhor." (Efésios 6:1-4)

Mesmo vivendo em um mundo pós moderno avesso a qualquer senso de autoridade, os filhos cristãos devem obedecer o que está expressamente revelado na Palavra de Deus, não permitindo que outro padrão ou conceito arrebate seu coração e perverta sua conduta.

A segunda palavra aos filhos é: treine seu ouvido para ouvir o que está expressamente declarado na Palavra de Deus (Bíblia).

Os filhos de pais cristãos serão tentados a assumir uma perspectiva de mundo onde a vontade é independente e o que vale é o sentimento, ou, o coração, não as leis ou as instruções paternas.

A terceira palavra aos filhos é: cuidado com a empolgação em seguir as instruções de vida de professores confessadamente anticristãos ou, contrários a sua própria fé cristã. Algo bem comum é o aluno ficar encantado com o jeitão ou a intelectualidade de seu professor e passar a admirá-lo pela razão errada. O mundo universitário pode ser bastante tentador, porém, resista às investidas de querer ter uma vida mais “livre” de seus pais.

Honra teu pai e tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o SENHOR, teu Deus, te dá. Êxodo 20.12

A quarta palavra aos filhos é: procure cercar-se de amigos cristãos. Há muitos que, na escola ou na faculdade, desenvolvem laços de amizade profundos com outros alunos que são indiferentes à fé. E isso em si mesmo não é um problema. Até vejo como uma excelente oportunidade para anunciar o santo evangelho. Entretanto, seria sábio procurar também outros alunos que proclamem a mesma fé, a fim de ajudarem-se mutuamente neste período de formação.

Quem anda com os sábios será sábio, mas o companheiro dos insensatos se tornará mau.        Provérbio 13. 20

A quinta palavra aos filhos é: definitivamente não se ausente das atividades da igreja, especialmente o culto solene. Muitos estudantes acabam se afastando gradativamente da igreja e das suas atividades com a desculpa dos trabalhos acadêmicos. No início começam faltando as programações semanais. Depois, a escola dominical e por fim, se ausentam do culto solene e a justificativa é recai sempre nos trabalhos atrasados ou nas leituras para as devidas provas. Por fim, a conduta começa a mudar de eixo e o Senhor Jesus parece deixar de ser a pessoa mais importante da vida.

Conclusão:

Obviamente não havia a intensão de apresentar uma lista extensa de orientações aos filhos em um breve artigo. Contudo, não poderia encerrar lembrando aos filhos sob a responsabilidade pessoal de buscarem a Deus pessoalmente. Ainda que os pais cristãos tenham falhado em suas orientações e responsabilidades, isso não pode servir de justificativa para abandonar o santo evangelho e a igreja. Continue perseverante na oração, na leitura da Palavra e na comunhão dos santos no culto solene. Os recursos espirituais à nossa disposição são chamados de meios de graça. Faça uso deles.

Há caminho que ao homem parece direito, mas ao cabo dá em caminhos de morte. Provérbios 14.12

Reações:

0 comentários:

Pesquisar este blog

Pesquisar por assunto

Aconselhamento Bíblico (24) Adultério (1) Aflição (2) Agradar a Deus (3) Alegria (6) Amor (2) Amor ao próximo (1) Anarquia (1) Ano Novo (2) Ansiedade (1) Argumentação (7) Arrependimento (5) Auto-estima (2) Auto-justiça (4) Autoridade (1) Casais (2) Casamento misto (1) Compaixão (3) Comportamento (13) Comunhão (2) Comunicação (5) Confiança (6) Conflitos (2) Confrontação (2) Conhecimento de Deus (4) Consolo (5) Contentamento (3) Convencimento (5) Coração (5) Coração de pedra (1) Cosmovisão (7) Criação de filhos (6) Cuidado da alma (5) Cuidados do conselheiro (2) Culpa (3) Dependência de Deus (2) Depravação total (1) Depressão (1) Desejos do coração (7) Deus conosco (1) Direitos (1) Dor (2) Edificação do irmão (1) Egoísmo (3) Emoções (6) Encorajamento (9) Engano (4) Escolhas (2) Esperança (3) Estudo (1) família (2) Farisaísmo (2) Fariseu (3) (1) Filosofia (1) Fundamentos (12) Glória de Deus (5) Guerra (3) Idolatria (10) Ídolos do coração (3) Imagem de Deus (1) Instrução (3) Intentos do coração (1) intimidade com Deus (1) Inversão de valores (2) Ira (2) Jean Carlos (12) Jean Carlos Serra Freitas (10) Jônatas Abdias (26) Justiça de Deus (1) Justiça própria (2) Justificação (1) Legalismo (2) Liberdade cristã (2) luta por poder (1) Más lembranças (3) meios de graça (1) Mentira (2) mil (1) milt (1) Milton Jr. (55) Monismo (1) Motivação (11) Motivações (4) Obediência (1) Objetivos (1) Oração (1) Orgulho (2) Paciência (2) Palavra de Deus (10) Passado (3) Paz (5) pecado (3) Perdão (5) Piedade (4) Plano de Deus (3) Planos (1) Prática da Palavra (17) Prática do aconselhamento (5) Presença de Deus (2) Pressupostos Teológicos (18) Psicologia (4) Psiquiatria (1) Racionalização (1) Redenção (7) Relacionamentos (6) remédios psiquiátricos (1) Remorso (2) sabedoria (5) Salvação (1) Santificação (2) Soberania de Deus (7) Sofrimento (6) Suficiência das Escrituras (22) Tarefas (1) Temor de homens (2) Temor do Senhor (1) Tesouros (1) tristeza (5) Unidade (1) Verdade (4) Vida cristã (23) Vontade de Deus (3)